PROGRAMAÇÃO


11 de março – Senado Federal (Auditório Interlegis)

09h00 Conferência IFLA LAC
Bibliotecas: diálogos para mudança – Glória Pérez-Salmeron, Marlova Jovchelovitch Noleto, Eugenio Bucci
14h00 Mesa Redonda: A IFLA LAC e seu papel como agente de mudanças na área da información en América Latina
– Luciana Grings, Ana Maria Talavera, Miguel Viciedo e Alejandra Velez
17h00 Palestra especial sobre a Divisão V da IFLA - Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

  Inscrições

12 de março - Senado Federal (Auditório Interlegis)

09h00 Bibliotecas: diálogos para mudança: papel das bibliotecas como promotoras de mudanças – Mesa de abertura com autoridades
Palestra com Prof. Marco Lucchesi
14h00 Bibliotecas: diálogos para mudança: papel das bibliotecas como promotoras de mudanças
Bibliotecas Escolares - Marília Abreu Paiva
Perspectivas em EAD - Célia Regina Simonetti
Perspectiva da sociedade civil organizada - Gilvanedja Mendes
17h30 Encerramento com coral da Câmara e Senado

  Inscrições

19h30 Jantar comemorativo aos 65 anos do IBICT, ao dia dos Bibliotecários e em homenagem aos membros do IFLA LAC
Cerimônia de entrega da medalha Rubens Borba de Morais pelo Conselho Regional de Biblioteconomia da 1a. Região e Menções honrosas a profissionais da área de Ciência da Informação pela ABDF.   Participe !.


WORKSHOPS E PALESTRAS

  • 13/03 - 10h00 - Biblioteconomia Social em Mato Grosso: boas práticas da parceria Secretaria Estadual de Cultura, Esporte e Lazer e CRB1 na valorização do profissional pela sociedade - Waldinéia Ribeiro de Almeida.
    Local: Auditório do Interlegis - Senado Federal
    120 vagas

      Inscrições

    Apresentar a experiência da coordenação do sistema estadual de bibliotecas públicas de Mato grosso (SEBP/MT) nas boas práticas da parceria Secretaria Estadual de Cultura, Esporte e Lazer e CRB1 na valorização do profissional pela sociedade, objetivando garantir a funcionalidade adequada das bibliotecas públicas do estado com a participação da sociedade na construção de políticas públicas sustentáveis. Principais tópicos a serem apresentados: diagnóstico situacional das Bibliotecas Públicas no estado; Identificação dos serviços prestados a sociedade; Projeto RevitaBiblioteca; Gestão participativa; Práticas inovadoras; Resultados; Recomendações finais.


  • 13/03 - 14h00 - Avaliação e seleção dos acervos das bibliotecas da Embrapa: apresentação do mapeamento do processo e critérios orientadores – Alessandra Rodrigues da Silva
    Local: Auditório do Interlegis - Senado Federal
    120 vagas

      Inscrições

    Apresentar a experiência da coordenação e dos integrantes do Sistema Embrapa de Bibliotecas no estudo do processo de avaliação e seleção dos acervos das bibliotecas da Empresa, com a finalidade de construir um documento orientador para que todas as equipes o realizem de forma simultânea e priorizando a memória da instituição. Principais tópicos a serem apresentados: O que é avaliação e seleção de acervos; Porque avaliar; Normativos e diretrizes; Mapas e tipologias documentais; Critérios; Documentos de apoio; Recomendações finais.


  • 14/03 - 09h00 - O 4º Plano de Ação Nacional para Governo Aberto como Plataforma para o Avanço da Ciência Aberta no Brasil - Patricia Rocha Bello Bertin, Maira Murrieta Costa, Adriano Amaral e Luana Farias Sales.
    Local: Embrapa Recursos Genéticos - Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W5 Norte (final)
    196 vagas

      Inscrições

    O objetivo do workshop é explorar as conexões existentes entre os movimentos de 'Governo Aberto' e 'Ciência Aberta' (na medida em que a maior parte da ciência global é conduzida por universidades públicas e entidades governamentais) e relatar a construção participativa do Compromisso 3 do 4o Plano de Ação Nacional para Governo Aberto, coordenado pela Embrapa juntamente com parceiros do Governo e da sociedade civil. Entre os tópicos a serem abordados, estão: dados abertos governamentais; marco regulatório do Governo Aberto; a Parceria para Governo Aberto (Open Government Partnership); o paradigma científico tradicional e a Ciência Aberta; dados de pesquisa; a construção e execução do 4º Plano de Ação Nacional em Governo Aberto; e considerações finais.


  • 15/03 - 09h00 - Acervos em rede e memória em tempos de cultura digital: experiências e desafios do projeto Tainacan - Dalton Lopes Martins
    Local: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Bloco R, Auditório
    100 vagas

      Inscrições

    Nos tempos atuais, permeados por novas práticas de sociabilidade em rede, a cultura digital adquire importância transversal nas diversas áreas de conhecimento, influenciando os modos de se fazer e viver a cultura. Interagir com esse universo, não diz apenas respeito aos seus aspectos tecnológicos, mas, sobretudo, às diferentes maneiras de se pensar os processos de documentação, catalogação, indexação e as novas maneiras de produzir uma documentação que se faz em rede e pela rede. As novas práticas de curadoria, a importância da dimensão semântica, a colaboração na produção de padrões de metadados, ontologias e vocabulários controlados são resignificados por essa cultura emergente e pedem novos espaços de elaboração aos profissionais da área. A apresentação trará uma reflexão sobre a temática a luz da experiência e desafios vivenciados no âmbito do projeto Tainacan (software de repositório digital baseado na plataforma Wordpress).


  • 20/03 - 14h00 - Teoria e prática da Bibliografia - Raphael Cavalcante, Judite Martins
    Local: Universidade de Brasília, Auditório Biblioteca Central (BCE)
    20 vagas

      Inscrições

    - A Arte da Bibliografia: introdução aos principais conceitos da área;
    - A experiência da Câmara dos Deputados na elaboração de Bibliografias;
    - Elaboração de projetos de Bibliografia pelos participantes.


  • 21/03 - 09h00 - Inovações disruptivas na Biblioteconomia – Simone Bastos, Tainá Assis, Claudio Gottschalg-Duque
    Local: Ipea – Setor Bancário Sul, Quadra 1, Edifício BNDES, Auditório Divonzir Gusso.
    100 vagas

      Inscrições

    As bibliotecas atualmente vivem em um contexto onde inovar deixou de ser uma questão de escolha e passou a ser uma questão de sobrevivência. Nesse evento, os participantes são convidados para um bate-papo sobre a importância da inovação para as bibliotecas, onde serão apresentados exemplos bem-sucedidos de inovação como forma de incentivar que os bibliotecários comecem a pensar de forma disruptiva.


  • 21/03 - 10h30 - Bibliothinking 2050: Cenários futuros para as bibliotecas da Administração Pública – Elaine Coutinho, Jhonathan Santos, Lúcia Lemos
    Local: Ipea – Setor Bancário Sul, Quadra 1, Edifício BNDES, Auditório Divonzir Gusso.
    100 vagas

      Inscrições

    A sua biblioteca faz planejamento de longo prazo? E você, bibliotecário, já fez seu próprio plano de carreira profissional? Pensar sobre o futuro é uma atividade estratégica. O Bibliothinkg 2050 é um projeto institucional do Ipea que visa à construção de cenários prospectivos para as bibliotecas da Administração Pública Federal, de modo a criar ações que as posicionem estrategicamente a longo prazo. A desvalorização e fechamento dessas bibliotecas implica na desvalorização da memória do país e na falta de gestão da informação em muitas instituições, prejudicando assim a eficiência do Estado. Nessa oficina, os participantes são convidados a contribuir com a reflexão sobre o futuro das bibliotecas e dos bibliotecários, por meio de atividades de brainstorming e de design thinking. Os participantes serão atualizados a respeito de todas as etapas que já foram concluídas no projeto Bibliothinking 2050 e poderão contribuir com as etapas finais de construção dos cenários.


  • 22/03 - 14h00 - Do componedor ao computador: a arte de fazer livros entre dois séculos - Briquet de Lemos
    Organização: ABDF e Biblioteca do Ministério da Justiça
    Local: Auditório do Ministério da Justiça
    Coffee break oferecido por Bibliotheca Sistemas do Brasil
    120 vagas

      Inscrições

    Visão prática e crítica sobre a experiência de editar livros na era da tipografia, manual e mecânica, e na era da tipografia digital.


  • 26/03 - 14h30 - A inteligência artificial aplicada às bibliotecas - Dalton Lopes, Giuliano Ferreira, Luciana Oliveira, José Ronaldo Vieira
    Organização: GIDJ-DF, ABDF, STJ, TJDFT TCU e CJF. Apoio: Vlex
    Local: Auditório Ministro Pereira Lira - Edifício Sede do TCU
    200 vagas

      Inscrições

    Apresentar aos participantes um panorama geral da inteligência artificial e sua aplicabilidade nos serviços e produtos oferecidos pela Biblioteca bem como em suas tarefas e processos.


  • 28/03 - 08h30 - Lançamento do Grupo de Trabalho de Bibliotecas Públicas - Jefferson Higino Dantas e Cristian Brayner
    Organização: Grupo de Trabalho de Bibliotecas Públicas da ABDF
    Local: Biblioteca Nacional
    90 vagas

      Inscrições

    Lançamento do Grupo de Trabalho de Bibliotecas Públicas da ABDF: o grupo se propõe a contribuir com a criação de políticas efetivas em parceria com o Poder Executivo e demais agentes sociais da área do livro e da leitura.


  • 29/03 - 08h30 - Gestão da informação em saúde - Fabíola Sulpino, Jhonathan Santos, Diego González, Sueli Mitiko, Carmem Abdala, Simone Bastos, Beatriz Pinheiro, Socorro Gross Galiano
    Local: Ipea – Setor Bancário Sul, Quadra 1, Edifício BNDES, Auditório Divonzir Gusso
    100 vagas

      Inscrições

    Esse evento trará a discussão a respeito da importância das bibliotecas nas atividades de gestão da informação e do conhecimento como suporte ao trabalho dos técnicos e dos gestores públicos na área de saúde. O evento será formado por mesas onde estarão presentes bibliotecários, gestores e pesquisadores do Centro Latino-americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme/Opas/OMS), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), da Universidade de Brasília (UnB), do Ministério da Saúde (MS) do Tribunal de contas da União (TCU). Durante a parte da manhã, serão apresentados os trabalhos realizados pela Bireme em gestão da informação e pelo Ipea na produção de conhecimento na área da saúde. Também será discutida a relevância do uso das evidências técnico-científicas na tomada de decisão na área de saúde. Na parte da tarde, haverá uma discussão sobre a importância da biblioteca e das atividades de gestão da informação e do conhecimento na administração pública. Ao final do evento, será lançada a publicação com os resultados do projeto de interoperabilidade “Indexação da Produção em Saúde do Ipea à Base de Dados Literatura Latino-Americana e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Lilacs)”