Zeze Perrella
José Perrella de Oliveira Costa


Data de Nascimento: 22/02
Naturalidade:
São Gonçalo do Pará-MG

Filiação Partidária
PFL de 1999 a 2003       
PSDB de 2005  até 2009
PDT desde 2009

Vida profissional e política

Empresário, entrou na política elegendo-se deputado federal pelo PFL, atingindo a segunda maior votação entre os candidatos à Câmara dos Deputados por Minas Gerais, com 186 mil votos. Ocupou o cargo por um único mandato, de 1999 a 2003. Em 2002, candidatou-se ao Senado,  pelo Partido da Frente Liberal - PFL obtendo 2,94 milhões de votos, quarta colocação no Estado. Em 2006 foi eleito  deputado estadual pelo PSDB, tendo obtido 69.148 mil votos.

Com atuação já destacada na área empresarial, Zeze Perrella ficou conhecido por seu trabalho como dirigente do Cruzeiro Esporte Clube, função que exerceu a partir de 1994. Neste ano, tornou-se Conselheiro, assumindo a presidência em 1995, quando iniciou uma administração pioneira, com a profissionalização das atividades e reorganização da estrutura do clube em bases empresariais.

Perrella construiu uma nova sede administrativa própria onde ficam todas as instalações do clube.  Desta forma o Cruzeiro foi um dos primeiros clubes do futebol brasileiro a ter uma estrutura gerencial moderna e eficiente, e passou a incentivar também a prática de outras atividades esportivas no clube, além do futebol. A Toca II foi outra obra importante para o clube realizada por Perrella, constituindo-se num complexo de instalações completas para treinamentos e exercícios. 

Nas gestões de Perrella o Cruzeiro foi campeão da Copa do Brasil três vezes; duas vezes da Copa Sul Minas; Copa Centro-Oeste; Copa Master; Copa Ouro; da Recopa Sul-Americana; do campeonato brasileiro; do Torneio Internacional de Verão do Uruguai; da Copa dos Campeões Mineiros; do Supercampeonato mineiro e nove vezes campeão estadual de Minas Gerais.

Em 2010, Perrella disputou as eleições para o Senado, compondo a chapa vitoriosa encabeçada pelo ex-Presidente Itamar Franco e assumiu o mandato em junho de 2011. Na ocasião, o Senador anunciou que não mais disputaria a presidência do Cruzeiro, a fim de dedicar-se integralmente ao seu trabalho como senador.

Zeze Perrella trabalha desde jovem, tendo começado aos 17 anos de idade, a partir de um pequeno empréstimo disponibilizado por seu pai, empresário do setor pecuário. O objetivo era estimular o empreendedorismo do filho e sua participação no mercado empresarial, dando início à sua realização profissional. Perrella  montou uma loja para a venda de carnes, dedicou-se pessoalmente ao preparo do produto e à sua administração, e em poucos anos dispunha de uma rede de açougues no interior de Minas e em Belo Horizonte.

A partir daí não parou mais de trabalhar com afinco, evoluindo gradativamente para investimentos em outros setores, geralmente ligados à agroindústria  e à pecuária, constituindo frigoríficos para a diversificação e venda de seus produtos.  

Destacando-se no comércio de carnes, Zeze Perrella foi eleito presidente do Sindicato das Indústrias de Carne, Derivados e de Frios de Minas Gerais (Sinduscarne) entre 1992 e 1997. Também foi diretor da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) entre 1998 e 2001.

As principais regiões de atuação política de Perrella no Estado são a Central, Noroeste e Centro-Oeste, embora seja tradicionalmente votado em praticamente toda Minas Gerais. Os municípios onde obteve maior votação no último pleito foram Belo Horizonte, Contagem, João Pinheiro, Pompéu, Presidente Olegário, Santa Luzia, Ribeirão das Neves e Divinópolis.

Atuação Parlamentar na ALMG

Legislaturas:

16ª - 2007-2011 - Efetivo até 31/01/2011

Proposições de Autoria do Deputado:

Lei 17335 de 2008 - Destina assentos a idosos e deficientes físicos nos terminais rodoviários localizados no Estado ( Projeto Lei nº 885/2007).

Lei 19.255/2010 - Cria, no âmbito de Estado de Minas Gerais, o Banco de Ossos, para fins de transplantes, e dá outras providências (Projeto de Lei nº 3238/2009 ).

Lei 19.459/2001– Altera a destinação do imóvel de que trata a Lei 14601, de 23 de janeiro de 2003, que autoriza o Poder Executivo a doar ao Município de Abaeté o imóvel que especifica (Projeto de Lei nº 3238/2009 ).

Apresentou, também, 20 proposições declarando de utilidade pública entidades e associações de vários municípios mineiros. Todas se transformaram em Norma Jurídica


Participação nas Comissões Técnicas

Efetivo:

  • Trabalho, da Previdência e da Ação Social - de 13/2/2007 a 22/2/2007
  • Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo - de 13/2/2007 a 21/11/2008
  • Comissão Especial da Minascaixa - de 26/2/2010 a 7/7/2010

Suplente:

  • Transporte, Comunicação e Obras Públicas - de 13/2/2007 a 20/12/2008
  • Veto Parcial à Proposição de Lei nº 18.256 - de 29/2/2008 a 11/3/2008
  • Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo - de 11/2/2009 a 31/1/2011
  • Vetos Totais às Proposições de Lei nºs 19.568; 19.621 e 19.625 - de 26/2/2010 a 3/3/2010

CONDECORAÇÕES RECEBIDAS

  • Medalha “Ordem ao Mérito Legislativo Municipal” BH (Resolução N: 609- 20/07/84 – Conselho de Ordem (Deputado Federal) em 17/12/1999;
  • Medalha Inconfidência Mineira (Lei N: 882- 28/07/1952) Conselho permanente da Medalha / Deputado Federal 29/04/2000;
  • Cidadão Honorário  de  Lavras – Câmara Municipal – 16/08/2008 – Presidente Evandro Castanheira Lacerda;
  • Cidadão Honorário de Pitangui – Reg. 142/2000 de 22/05/2000 Deputado Federal – 09/06/2000 Presidente Milton Saveiro da Silva;
  • Medalha Alferes Tiradentes (1775) Polícia Militar de MG / Decreto n: 29.774, 17/07/89;
  • Medalha da Inconfidência;
  • Comenda José Aparecido de Oliveira – ONG Terra Verde – 20 anos em Defesa da Cultura;
  • Ordem do Mérito Legislativo (Mérito Especial) ALMG.
  • Medalha do Mérito Santos Dumont;
  •  Medalha do Mérito Legislativo da Assembléia Legislativa de Minas Gerais;
  • Medalha do Mérito Legislativo da Câmara Municipal de Minas Gerais;
  • Cidadão Honorário de Belo Horizonte;

No Senado

O senador Zeze Perrella é  membro titular das Comissões  de Agricultura e Reforma Agrária; de Desenvolvimento Regional; da Subcomissão Temporária da Copa de 2014, Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016; e da CPI do ECAD.

É também membro suplente das Comissões Mista de Orçamento e da de Assuntos Econômicos.

 

 

 

Encontre-nos no Google+